Autor Tópico: custo produção  (Lida 1812 vezes)

Offline tchurula

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 31
    • Ver Perfil
    • Email
custo produção
« Online: 23 de Maio de 2010, 14:11 »
Galera, hoje eu recarrego o hp q2612a e cobro 40,00 a recarga, o custo do pó 1kg sai a R$35,00 para mim, ou seja r$ 3,50 100g
o custo total de material aplicado, caixa, saco, pó etc.... sai a R$ 10,00 fora os custos administrativos, salarios , impostos etc...

tem gente cobrando R$ 30,00  nessa recarga, como conseguem? não devem nem pagar os imposto, só pode, e não devem nem pagar aluguel e salario, que milagre é esse?

será que to pagando caro no pó?

quantos vcs cobram e quais os custos dos materias aplicados?

Online mundocor

  • Ninja
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 2.548
  • Mundocorcartuchos e Informatica
    • MSN Messenger - mundocorcartuchos@hotmail.com
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #1 Online: 23 de Maio de 2010, 14:48 »
cara depende de cada região que isso é aplicado, já vi gente em minha cidade que cobra 30,00 em cada recarga do hp 12a, só que o custo de toner o kg sai a 25,00 pois esses hp pode usar qlq um q fica bom, eu cobro 45,00 a recarga sem troca de pecas pois nao pago aluguel, pq construi um galpao de 100mts pra meu uso proprio de uma pequena fabrica voltada so pra empresas, mais o custo de cada recarga dessa pra mim sai no maximo sem troca de pecas por volta de 12,00 agora se tiver q troca a peca o cliente paga separado, mais o custo final sera de 12,00 por cada toner produzido, tirando os impostos e coisa e tal me sobra uns 25,00 de lucro faco media de 100 desses mes entao o valor ta legal pra mim, abraco
Seus cartuchos em boas mãos!!!
Russo

Offline Shadowtux

  • Moderador Global
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 1.303
  • Viciado em Pó
    • MSN Messenger - fabricioobregon@uol.com.br
    • Ver Perfil
    • Email
Re: custo produção
« Resposta #2 Online: 23 de Maio de 2010, 23:08 »
Complicado aí pra vocês hein xD! Minha concorrência tá nos R$ 40,00 ~ R$ 50,00,  inclusive uma franquia de SP.

Eu vendo qualidade diferente da maioria. Coisa d meu pai que fala- "ou se vende qualidade ou quantidade".  Não posso falar que o cartucho dos concorrentes não funciona, mas o meu fica igual original com quase 0% de retorno e 100% de garantia no caso de falhas.

Cobro R$ 90,00 no 12A trocando peças. O que normalmente é um cilindro ou alguma lâmina que custam R$ 9,60 e R$ 3,20. Se precisar mais que isso faço uso de carcaças novas e separo as peças dos antigos pra troca em toners mais antigos. É mais difícil a conquista de clientes, mas tirando as mecânicas de automóvel é difícil alguém não ter gosto por uma boa impressão xD!

Se a HP consegue vender o original que já vi algumas vezes menos chapado que a maioria dos meus toners por R$180,00 o que impede o cliente de pagar 50% pela mesma qualidade?

A qualidade.

Coisa que nem todo mundo tem, e não digo que não tenham por não saber. Mas qualidade inclui ter capital pra peças, carcaças e insumos de qualidade, impressoras pra teste e tempo pra se aperfeiçoar continuamente. Eu quase desisti no começo mesmo, mas como já tinha investido tanto dinheiro com maquinário não tinha essa opção. O cliente acostumado a pagar menos demora a aceitar que o barato sai caro, mas com o tempo consegui conscientizar meus clientes.

Não procure diminuir seus gastos se for decair a qualidade e pra mim não é uma opção diminuir o preço do seu serviço. Dá uma investida e converse com o cliente. A gente sempre perde alguns pelo preço, mas é como tem se discutido bastante aqui no fórum... no fim a empresa fecha e o cliente volta. Remanufatura é um dos ramos mais rentáveis em qualquer parte do mundoe não vejo em lugar algum se falar em ter menos de 50% de lucro líquido, ou seja, tirando gastos com insumos, funcionários e impostos sobre metade do que você cobrou.

Fabrício Pires Obregon

Offline tchurula

  • Novato
  • *
  • Mensagens: 31
    • Ver Perfil
    • Email
Re: custo produção
« Resposta #3 Online: 24 de Maio de 2010, 23:44 »
Complicado aí pra vocês hein xD! Minha concorrência tá nos R$ 40,00 ~ R$ 50,00,  inclusive uma franquia de SP.

Eu vendo qualidade diferente da maioria. Coisa d meu pai que fala- "ou se vende qualidade ou quantidade".  Não posso falar que o cartucho dos concorrentes não funciona, mas o meu fica igual original com quase 0% de retorno e 100% de garantia no caso de falhas.

Cobro R$ 90,00 no 12A trocando peças. O que normalmente é um cilindro ou alguma lâmina que custam R$ 9,60 e R$ 3,20. Se precisar mais que isso faço uso de carcaças novas e separo as peças dos antigos pra troca em toners mais antigos. É mais difícil a conquista de clientes, mas tirando as mecânicas de automóvel é difícil alguém não ter gosto por uma boa impressão xD!

Se a HP consegue vender o original que já vi algumas vezes menos chapado que a maioria dos meus toners por R$180,00 o que impede o cliente de pagar 50% pela mesma qualidade?

A qualidade.

Coisa que nem todo mundo tem, e não digo que não tenham por não saber. Mas qualidade inclui ter capital pra peças, carcaças e insumos de qualidade, impressoras pra teste e tempo pra se aperfeiçoar continuamente. Eu quase desisti no começo mesmo, mas como já tinha investido tanto dinheiro com maquinário não tinha essa opção. O cliente acostumado a pagar menos demora a aceitar que o barato sai caro, mas com o tempo consegui conscientizar meus clientes.

Não procure diminuir seus gastos se for decair a qualidade e pra mim não é uma opção diminuir o preço do seu serviço. Dá uma investida e converse com o cliente. A gente sempre perde alguns pelo preço, mas é como tem se discutido bastante aqui no fórum... no fim a empresa fecha e o cliente volta. Remanufatura é um dos ramos mais rentáveis em qualquer parte do mundoe não vejo em lugar algum se falar em ter menos de 50% de lucro líquido, ou seja, tirando gastos com insumos, funcionários e impostos sobre metade do que você cobrou.


Qual a marca de pó que você compra, qual o fabricante você usa para deixar este chapado melhor que o original? e você só faz recarga com troca das peças?

Offline Dr. HP

  • Ninja
  • Membro
  • *****
  • Mensagens: 111
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #4 Online: 25 de Maio de 2010, 01:18 »
concordo com o nosso amigo shadow aqui tem um cara que ta me deixando mordido ele cobra 50 preto cara ele so faz porcaria os 35
ele nao troca cilindro e usa um po fanta a lixeira esbora com umas 100 impressao começa a ficar claro se voçe for inprimi letras grandes e batata fica uma mer mais se for so letras tamanho
pequenas tipo pagina de teste do xp da pra imprimi  cara essas lojas nao aturam muito
                pros hp to cobrando 80 troco cilindro e coloco a dose coreta eles nao colocam.
               shadow fiz o teste esse novo universal da scc chegou hoje pra min cara fiz um 12 ficou fudido nao tem pra ninguem nem mki3,4,5,6,7,8,9,10
                so troquei cilindro .
       recomendo a todos ta 42 vou testa no 49 53 . esses  toner compativel da maxprint e outras marcas chinesas nao vale nada so tem preço.

Offline Shadowtux

  • Moderador Global
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 1.303
  • Viciado em Pó
    • MSN Messenger - fabricioobregon@uol.com.br
    • Ver Perfil
    • Email
Re: custo produção
« Resposta #5 Online: 25 de Maio de 2010, 09:35 »
Qual a marca de pó que você compra, qual o fabricante você usa para deixar este chapado melhor que o original? e você só faz recarga com troca das peças?

-Pó SCC, mas não é o padrão ficar mais chapado que original, é só minha propaganda de qualidade xD! 

-Nada, aproveitar ao máximo as peças do toner faz parte do negócio, afinal o cuidado com o meio ambiente mesmo não sendo prioridade está implícita no ramo.

Uma vez ou outra a gente é obrigado a trocar magnético e pcr, muito raro. O que mais se troca é cilindro com 3 ciclos pra cartuchos mono e 2 ciclos pra cartuchos color. Consigo mais ciclos com cartuchos de menor impressão como o 12a, ml-1610, scx-4200 (excluindo os 35a/36a que são mais complicados). Já os toner de 10.000 páginas pra cima vai um cilindro novo sempre pois a qualidade decai do meio pro fim do segundo ciclo.
Fabrício Pires Obregon

Offline Naka

  • Ninja
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 624
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #6 Online: 25 de Maio de 2010, 09:36 »
Preço de venda é uma questão dificil..o fabricio esta certo, ou vende a bom preço ou vende barato e muito, estou no meio termo, não vendo muito e estou vendendo abaixo do preço que gostaria, mas tenho diversos concorrentes nessa luta, uns bons outros que carecem de conhecimento tecnico e de bons insumos..Entao tenho que usar a criatividade para continuar prestando um bom serviço, defendendo os clientes que tenho e aos poucos ir conquistando novos, mas não acredito em manter o negocio somente com a remanufatura, a diversificação é imposição do mercado para a sobrevivencia, hehehe acho que fugi do assunto..abraços

Offline Pablo

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 111
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #7 Online: 25 de Maio de 2010, 10:32 »
Diaaaa povo.....aqui na minha região do triangulo é foda....o cliente qué preço e ainda num gosta muito que troque peça naum...ta foda...os cara liga aqui e fala....o fulano faiz por 25,00 ce faiz.....99% dos clientes daqui num ta nem ai com qualidade so preço ta foda a concorrencia....ai tem os vitalicios q cobro 35,00 os aviadores tem q cubri o preço senai vo pra inxada..hauhuahuahuha..no mais pago aluguel, funcionario, gasosa...ta foda.....o pó q uso é do marção ca cec cartuchos nunca tive problema e pago 29,90 no KG da JADi....abraço...

Offline gso_recargas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 148
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #8 Online: 25 de Maio de 2010, 11:10 »
aqui na minha região trabalho de duas formas:

1º. Recarga a base de troca. Pego o vazio do cliente e dou um cheio. Grarantia total de peças. R$70,00. Junto com o serviço agrego backup de impressora caso a dele quebre e manutenção preventiva (limpeza). Exceção para o Ce505A R$ 90,00.

2º. Recarga sem trocas de peças. Cobro de R$ 60,00 a R$ 50,00, sendo mais de 90% a R$60,00.

Aqui tem uns palhaços que cobram até 45,00, mais não entro na onda não. Vira e mexe chega problemas deles, ai aproveito e empurro a faca. Cobro limpeza de maquina, troca de peças do toner, etc, e ainda faço aquela pressão psicologica: Vocês vão estourar a pelicula ou engrenagens da impressora fazendo esses serviços porcaria.



Offline thevic

  • Ninja
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 1.278
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #9 Online: 25 de Maio de 2010, 17:31 »
ola

uma dúvida gso

uma diferença de 10,00 apenas, pra troca x sem troca peças??

não é pouco??

 ;D

FÓRUM  DESTINADO A REMANUFATURADORES  \0/ Antes de criar novos tópicos, use botão BUSCAR, ou índice de assuntos !!!!  FÓRUM  DESTINADO A REMANUFATURADORES   -  PROCURE  UM  !!

Offline gso_recargas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 148
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #10 Online: 25 de Maio de 2010, 23:20 »
thevic, veja bem aqui geralmente roda muito 12A, 53A, 49A, 13A, 15a, 35A e 36A. As carcaças 35/25 custa em media 45,00. Já as demais fica em torno de 18,00.
Sendo assim não compro peças para troca e sim faço as trocas dentros das carcaças e vou sempre renovando.

Outra coisa é, como trabalho com carcaças minhas e geralmente vou no cliente coletar tenho muito cuidado com o manuseio, isso faz com que elas durem muito. Eu perco tempo fazendo 35 e 36. Parece que estou trabalhando com vidro.

Foi postado algo sobre carcaças compativeis. Eu tenho aqui carcaças da fujikan 35/36 e 12A, já fiz varias recargas com troca apenas de cilindro. Achei excelente. porém perdi o fornecedor. Se alguem conhece algum agradeço se postar aqui.

Offline Naka

  • Ninja
  • Membro Vitalício
  • *****
  • Mensagens: 624
    • Ver Perfil
Re: custo produção
« Resposta #11 Online: 26 de Maio de 2010, 08:17 »
eu sempre compro carcaça, mas tambem estou sempre comprando peças, não consigo desfazer das antigas, só quando espana, empena ou algo do tipo, entao sempre tenho de trocar peças, mas queria sair dessa..